domingo, 11 de outubro de 2009

Cliente interno motivado é cliente externo satisfeito.


Olá, hoje vou falar um pouco sobre a importância de um cliente interno motivado e como essa motivação esta ligada com o seu cliente externo. As empresas sabem da importância do cliente externo para levar os seus negócios à frente, mas será que é dada à mesma importância aos clientes internos?
Os colaboradores da organização precisam estar realmente motivados, satisfeitos e com uma qualidade de vida profissional em alta e é importante que ele seja sempre escutado. A falta de ‘suporte’ ao nosso cliente interno, causa desmotivação e queda na produção, interferindo assim a maneira como ele trata os clientes externos, que são julgados como os mais importantes de uma organização.

Vamos exemplificar: quando o cliente interno precisa resolver problemas como pagamento realizado de maneira incorreta e o profissional do Departamento Pessoal deixa de ajudá-lo, ele retorna a linha de frente de trabalho, mas completamente sem foco e começa a reclamar da empresa para outros clientes internos, que começam a perder o foco mais uma vez de seu trabalho, enquanto isso vemos o primeiro cliente interno dado como exemplo, atendendo um cliente externo e, desmotivado, começa a retrucar as coisas que o cliente diz, o cliente externo causa uma situação completamente vergonhosa para a empresa, afinal de contas, as pessoas que assistem esse bate-boca notam que a empresa esta sem credibilidade com seus clientes e pensando somente em números e valores. É importante que os diretores, gerentes e supervisores escutem os seus colaboradores, pois quando ele esta insatisfeito, o nosso cliente externo também sai insatisfeito, causando assim uma queda na imagem empresarial.

Quando o colaborador sente que possui um espaço na empresa e que suas sugestões, dúvidas e também reclamações servem para melhorar cada dia mais a sua rotina profissional, ele se sente cada vez mais ‘dentro’ da empresa.

Existem alguns livros que abordam o assunto, caso se interessem: http://compare.buscape.com.br/ouvindo-a-voz-do-cliente-interno-transforme-seu-funcionario-num-parceiro-3ed-barcante-luiz-cesar-8573032014.html

Fontes: http://www.via6.com/topico.php?tid=15873

Catarina Mendes.

Um comentário:

  1. Concordo plenamente, até pq hoje o funcionário também é consumidor da marca, é propagador da marca em redes sociais, pode ser acionista da marca também, então o seu tratamento não pode ser somente como um funcionário da empresa e sim como alguém que consomo e interfere.

    MATEUS

    ResponderExcluir